Talline Sapatilhas
Passeios e Entretenimento Variedades

Como usar a TV para se conectar com sua família

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
Muito se fala que a tecnologia afasta as pessoas! Eu sou do time que vê isso ao contrário!

Para mim, tecnologia também pode unir!(E olha que nem to falando só de quem mora longe, pois aqui somos dependentes de tecnologia para podermos estar menos distante dos nossos amores que moram longe! Estou falando de quem mora aí com você!), por exemplo, você sabe como usar a TV para se conectar com sua família?

Já falei de assuntos desse gênero aqui antes quando falamos sobre como contar com desenhos animados para ajudar a tratar temas do cotidiano com nossos filhos, ou de como existem desenhos que agregam coisas boas.

E já falei também de como a TV pode ser nossa aliada com os pequenos, mas hoje o assunto fala dos maiorzinhos, ou até mesmo do casal!

Quanto tempo por dia você passa vendo TV? Quanto tempo por dia você e sua família passam juntos vendo TV?

A Netflix fez uma pesquisa sobre a melhor forma de conexão entre gerações e descobriu que o entretenimento é a principal delas, sabia?

Quer saber como? 

Dois passos simples e importantes para fazer acontecer:   

  1. Assista às mesmas séries que seus filhos – esse é um dos principais assuntos hoje em dia.

  2. Puxe conversas sobre séries e personagens sempre que puder – esta é uma forma de descobrir coisas novas com a ajuda dos filhos.

Mas o que pais e mães deveriam estar acompanhando na Netflix? De acordo com os filhos, eles devem assistir à: Orange is the New Black, Arrow, Breaking Bad, Demolidor, Friends, Grey’s Anatomy

Nesta mesma pesquisa, a Netflix também aproveitou para perguntar:

Pais e mães estão realmente assistindo às séries favoritas de seus filhos?

  • No Brasil, 88% dos pais admite assistir a séries como Arrow, Pretty Little Liars e Stranger Things para se aproximar dos filhos.

  • 73% dos filhos dizem que também querem conversar com os pais sobre as séries a que assistem.

  • De maneira geral, os dois grupos (93% dos pais; 70% dos filhos) encaram a atividade como uma maneira de se conectarem.

Como melhorar a comunicação?

  • Mais da metade dos pais ao redor do mundo (56%) considera difícil conversar com seus filhos.

  • No Brasil, 96% acredita que assistir à série de TV favorita dos filhos ajuda a encontrar um assunto entre eles.

  • 76% dos filhos no Brasil concordam com essa afirmativa. Ou seja: compartilhar gostos e preferências com os filhos é uma forma eficaz para estabelecer uma conexão real entre gerações.

A receita para integrar melhor pais e mães com seus filhos e saber o que eles pensam e gostam é simples: assistir juntos às séries preferidas deles, compartilhando seus gostos e preferências, e conversando sobre episódios e personagens.  Essa é a garantia de um Dia dos Pais feliz para toda a família, e com muitos assuntos em comum na mesa do almoço!

Aqui em casa, temos sempre uma série para ver juntos! 

Erick sabe tudo de todos os desenhos da Fernanda, já eu costumo focar nos filmes e séries que podemos ver juntas! As nossas séries do momento são Spirit- Cavalgando Livre e A pior das Bruxas (neste o papai está nos acompanhando)

Eu e Erick sempre temos os títulos que vemos sozinhos, afinal nosso gosto tem semelhanças mas também é bem diferente. rs Enquanto ele se afoga nas séries Marvel e afins eu fico com as minhas séries cotidianas, mas a noite ou nos finais de semana é hora de vermos as séries em comum e isso nos rende momentos ótimos de sofá, namorando e até discutindo pontos de vista! Estamos vibrando com O Atirador e aguardando as novas temporadas das demais séries que vemos juntos.

Viu só? Tão simples ver uma forma nova de estar junto não é?

 

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Siga-nos no Instagram

Voltar ao topo