Talline Sapatilhas
Uncategorized

​​As diferenças entre os óleos de cozinha e seus benefícios para a saúde

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Girassol, milho, canola e soja. Com tantas opções disponíveis, você já deve ter se perguntado qual o óleo vegetal mais adequado para consumo, certo?


Listamos os benefícios e as diferenças entre os principais óleos vegetais, para que você saiba utilizar cada um deles em prol da sua saúde.

Os óleos vegetais são ricos em gorduras monoinsaturadas, que auxiliam na redução do colesterol ruim (LDL) sem reduzir o colesterol bom (HDL). A ingestão de gorduras desse tipo protege contra doenças cardiovasculares, são importantes para o bom funcionamento do intestino, para a proteção das células, para a fabricação de hormônios, absorção de vitaminas e para o controle da temperatura.


Segundo Débora Ferreira, nutricionista na Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, o consumo de gorduras boas, como o óleo vegetal, é essencial para o organismo, mas é importante se atentar ao consumo e evitar excessos. “A gordura é um tipo de lipídio fundamental para a função energética, hormonal e estrutural. O excesso leva a um aumento do colesterol ruim e a uma diminuição do colesterol bom. Além disso, eles favorecem o entupimento das artérias, o que pode resultar em algum problema cardíaco”, finaliza.

Portanto, para não errar, Débora sugere que a ingestão de gorduras não ultrapasse 35% do total diário de calorias recomendado. E, para não ficar na dúvida de qual, quando e como usar cada uma das 10 opções encontradas nas prateleiras dos supermercados, montamos um infográfico para você consultar sempre que precisar.

Fonte: Débora Ferreira, nutricionista na Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo.

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Siga-nos no Instagram

Voltar ao topo