Talline Sapatilhas
Uncategorized

Prática de exercícios físico requer cuidados

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Atividades como musculação, corrida e crossfit, se efetuadas erroneamente, podem transformar o prazer e a busca pela saúde em lesões, culminando à dor.

Na busca pela saúde, estética e bem–estar, a prática de atividades físicas como musculação, corrida e crossfit vem ganhando cada vez mais adeptos. Segundo a Associação Brasileira de Academias (Acad), atualmente são mais de 30 mil academias e quase 8 milhões de alunos espalhados pelo Brasil. Porém, mais do que foco nos resultados são necessários cuidados antes de embarcar nessa jornada.

De acordo com Dr. Carlos Górios, especialista em Medicina Esportiva e Artroscopia no Hospital São Camilo e presidente da Sociedade Brasileira de Artroscopia e Trauma Esportivo (SBRATE), qualquer pessoa pode praticar exercícios físicos, desde que tenha condições e respeite seus próprios limites. “Se a atividade não é exercida da forma correta, com postura errada ou sobrecarga, por exemplo, algo que deveria promover a saúde e ser prazeroso pode culminar em dor”, comenta.

Desta forma, além da verificação da parte cardiorrespiratória, para não saturar pulmão e coração, o acompanhamento profissional é fundamental. “Atividade física com orientação profissional é sempre o mais adequado. O especialista vai falar sobre os equipamentos, recomendar aquecimento prévio e alongamento, e deverá informar sobre a velocidade ideal da atividade”, recomenda. O equilíbrio dos exercícios de acordo com os grupos musculares (membros superior e inferior) é algo que também merece atenção, assim como o descanso. “O músculo precisa do glicogênio, que é sua fonte de energia, e se não há descanso após o exercício, o músculo entra em fadiga e pode levar a lesões”.

Como diferenciar a dor

As lesões musculares mais comuns são cãibras e distensões por esforço ou estresse muscular. Os tendões, por exemplo, também podem sofrer inflamação se o exercício for executado de forma equivocada, podendo causar a patologia chamada de tendinite. No osso, a sobrecarga pode resultar em fratura.

Caso haja dor após a realização dos exercícios, primeiramente é necessário avaliá-la: se é do tipo fisiológica, que aparece geralmente no dia seguinte após a realização dos exercícios; ou se é causada por alguma lesão, por exemplo, uma distensão muscular. “Caso a intensidade seja elevada, o atleta deve parar os exercícios e procurar um profissional de saúde”, finaliza Dr. Górios.

Fonte: Dr. Carlos Górios, especialista em Medicina Esportiva e Artroscopia no Hospital São Camilo e presidente da Sociedade Brasileira de Artroscopia e Trauma Esportivo (SBRATE).

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Siga-nos no Instagram

Voltar ao topo