Talline Sapatilhas
Uncategorized

Acidentes de consumo infantil

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
Imagem DAQUI
Você sabe o que são acidentes de consumo?
É quando um produto ou serviço causa dano à saúde ou segurança do consumidor mesmo quando é utilizado da forma correta, como por exemplo, choques com produtos elétricos, cortes enquanto abrimos embalagens ou ainda lesões causadas por produtos infantis.

Saiba mais sobre eles e sobre como evitá-los.

O que causa?

1- Defeito no produto ou serviço;

2- Falta de informação sobre o uso adequado;

3- Informações incorretas em relação ao uso (embalagens e manuais);

4- Ausência de atuação preventiva dos fornecedore
O que fazer?
1- Relate o seu caso no site do Inmetro preenchendo o máximo de campos possíveis;
2- Entre em contato com a empresa que forneceu o produto;
3- Se a empresa não resolver o problema, procure um órgão de defesa do consumidor e faça uma reclamação para buscar seus direitos.
Como registrar um acidente de consumo?
Basta preencher o formulário no site do Inmetro (www.inmetro.gov.br/acidentedeconsumo), que é a interface entre o consumidor e o Sinmac.
Com esses dados o Inmetro pode estudar os acidentes e desenvolver novas certificações, aperfeiçoar regulamentos, recomendar recalls e criar campanhas educativas, além disso a indústria terá acesso aos dados, fabricando produtos melhores e com isso consumidores são beneficiados.
Notem que a porcentagem de acidentes com produtos infantis estão quase no topo das ocorrências.

Imagem DAQUI
Aqui em casa já sofremos alguns: Fefê quando tinha 10 meses quase engoliu o olho de uma bonequinha de pano artesanal (os produtos artesanais também precisam de certificação).
Fernanda, também já colocou um clipes que veio em um presente dentro do nariz.

Todo cuidado é pouco!

Fonte: Inmetro
Ouvidoria do Inmetro: 0800 285 1818

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Siga-nos no Instagram

Voltar ao topo