Talline Sapatilhas
Uncategorized

4 dicas sobre a troca de fraldas

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
A troca de fraldas é essencial não apenas para o conforto do bebê como também para garantir sua higiene. E é muito comum que os pais – especialmente os de primeira viagem – se preocupem bastante com esse momento e, claro, com as temidas assaduras. Afinal, a pele dos pequenos é extremamente sensível e delicada e precisa de cuidados especiais.  Para evitar problemas, confira abaixo os principais cuidados para prestar atenção no momento da troca de fraldas, de acordo com o pediatra Marcelo Reibscheid.

1. Quantas trocas de fraldas e aplicações do creme antiassaduras são necessárias ao longo do dia?
Dr. Marcelo Reibscheid: O ideal é trocar a fralda imediatamente sempre que a perceber molhada ou suja. Geralmente, os bebês evacuam várias vezes por dia, e fazem xixi de hora em hora, ou em intervalos de no máximo três horas. O creme antiassaduras deve ser aplicado logo após a higienização em cada troca. É importante escolher um produto de qualidade, que não contenha fragrâncias, corantes, conservantes ou antissépticos que possam irritar a pele sensível do bebê.

2.Quais os itens necessários durante cada troca de fralda?
Dr. Marcelo Reibscheid: Você vai precisar de uma fralda limpa, um saco ou lata de lixo para jogar a fralda suja, algodão e água morna ou lenços umedecidos, além de um creme contra assaduras e um brinquedinho para atrair a atenção do bebê enquanto realiza a troca. Mantenha tudo que vai precisar à fácil alcance e procure realizar a troca num lugar seguro e limpo. Use um trocador impermeável para facilitar a limpeza e mantenha os itens de higiene ao lado do trocador para facilitar a aplicação com apenas uma das mãos, já que a outra precisa segurar o bebê. Além disso, vale ter os produtos também na bolsa ou no nécessaire para garantir a higiene do neném seja onde for. E sempre que notar irritações na pele da criança, procure um pediatra.
3. Como seria o passo a passo para facilitar o momento da troca?
Dr. Marcelo Reibscheid: Com o bebê deitado em uma superfície plana, retire a fralda e levante as abas adesivas com cuidado para que não grudem na pele de criança. Use um lenço umedecido ou algodão molhado para limpar a área genital, sempre de frente para trás. Coloque a fralda nova e limpa sob seu bebê e seque-o com um pano seco ou papel higiênico para evitar umidade – uma das responsáveis pelas irritações na pele. Depois, vem a hora de aplicar uma camada fina de creme antiassaduras para garantir a proteção do bumbum. Para finalizar, é só prender as tiras adesivas de trás para frente na fralda, sem apertar muito a fim de deixar o bebê confortável. Ao terminar, não se esqueça de lavar as mãos.
4. Quais os cuidados necessários com a higiene íntima durante a troca de fraldas? Há diferença entre meninos e meninas?
Dr. Marcelo Reibscheid: A higienização é simples, mas deve ser feita com cuidado. Nos meninos, é preciso fazer uma boa higiene da região do saco escrotal e do pênis. Lembrando que se existir a fimose, esta deverá ser aberta para ter a exposição da glande e retirada do esmegma, que é aquela substância gordurosa que muitas vezes fica aderida à glande. Depois disso, deveremos fazer a higiene da região de ânus, removendo eventuais resquícios das fezes e urina e, posteriormente, deixando a região seca. Nas meninas, cujos órgãos são internos, a higiene causa mais receio para os pais. Ela também deve ser feita em todas as trocas de fraldas, limpando-se sempre da frente para trás. Deveremos limpar a região da vulva com cuidado, retirando resquícios de fezes, urina, pomada e outras secreções. Após a higiene, é importante sempre deixar a região seca. O procedimento de higiene do ânus e bumbum é igual ao masculino. 

Fonte: BepantolBaby

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Siga-nos no Instagram

Voltar ao topo