Talline Sapatilhas
Uncategorized

Dor de cabeça ou sinusite?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Frequentemente encontramos pessoas com algum tipo de dor de cabeça ou, na linguagem médica, cefaleia. Dentre as mais frequentes, estão a enxaqueca e a sinusite.
Você sabe identificar quando é uma coisa ou outra? O neurologista na Rede de Hospitais São Camilo, Edson Issamu Yokoo, explica:
O diagnostico das duas doenças é clinico. “Na enxaqueca, os exames são normais. Já na sinusite, os exames podem ou não mostrar alterações”, explica. 

A enxaqueca é um tipo de cefaleia primaria, ou seja, que não é causada por nenhuma outra doença. A dor é geralmente unilateral, latejante, acompanhada ou não de sintomas visuais ou motores. Também é acompanhada de fotofobia (intolerância a luz) ou fonofobia (intolerância ao barulho), tontura, náuseas e vômitos (durante o período de dor) e piora com as atividades rotineiras. A dor é autolimitada (termina em determinado momento) e pode durar até 72 horas.

Já a sinusite é uma inflamação, infecciosa ou não, nos seios da face – que são cavidades ósseas localizadas na região frontal, maxilar e paranasais. Na infecciosa, pode ser bacteriana ou viral, e na não infecciosa, geralmente é alérgica. A dor é localizada no seio inflamado (na testa, nas maçãs do rosto, no maxilar e/ou ao redor do nariz), podendo ter irradiação lateral, posterior ou para toda a cabeça.

A dor geralmente ocorre na sinusite aguda e é acompanhada de febre, coriza e obstrução nasal. A duração da cefaleia acompanha a progressão do tratamento da infecção. A sinusite crônica geralmente não apresenta cefaleia.

Consulte sempre um médico.
Fonte:  Edson Issamu Yokoo, neurologista na Rede de Hospitais São Camilo

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Siga-nos no Instagram

Voltar ao topo