Talline Sapatilhas
Uncategorized

Medo de escuro

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×


Aqui em casa abajur é item essencial! A Fernanda não dorme no escuro de jeito nenhum e se apagamos e ela acordar no breu o escândalo é certo!

Medo de escuro! Isso é comum? Como devemos agir?
Calma! Você não está sozinho!


O medo ocorre porque nessa idade as crianças têm a imaginação bastante movimentada e estimulada e não conseguem separar a realidade da fantasia. No escuro, a criança fica mais propensa a imaginar possíveis perigos, monstros, vampiros e afins.

O medo faz parte do nosso desenvolvimento emocional. É a reação de proteção que o organismo tem ao acreditar que algo ruim e que irá lhe fazer mal está por perto. 

Este sentimento não é ruim por completo, tem suas vantagens, como por exemplo, ensinar seu filho a separar o real da imaginação. QUando você mostrar que a monstro de baixo da cama não existe ela verá que apenas imaginou.

Você pode ajudar seu filho a superar esta fase, saiba como:

– Primeiro não zombe da criança e confie que ela realmente tem medo daquela situação e aos poucos vá mostrando que ela pode e deve encarar seus medos.

– Converse com ele e entenda do que exatamente ele tem medo!

– Deixe seu filho se sentir “forte” e capaz de fazer as coisas sozinho. Delegue a ele tarefas do dia-a-dia como tomar banho ou arrumar os brinquedos e a cama, assim a confiança dele será estimulada! 

– Mostre que ao apagar a luz e reacender tudo continua igual, que o que acontece ali é fruto da imaginação dele e que esta ele pode dominar!

– Não ache que vai fazer bem ao seu filho o levando para sua cama quando ele tiver medo pois ele precisa entender que realmente não tem nada ruim ali. Indo com você ele só terá a confirmação de que o seu quarto é mais seguro.

– Um abajur no quarto também ajuda!

– Histórias podem ajudar, mas cuidado, não vá contar histórias com monstros e zumbis haha!

– Lembre-se o erro pode ser seu ou de quem cuida do seu filho quando o ameaça com o bicho papão, homem do saco ou qualquer outro “monstro feio”. Isso é errado!

– Elogie quando ele conseguir dormir sozinho, ficar no quarto brincando sozinho ou acordar a noite no escuro e não chorar.

– Não estimule o medo do seu filho mentindo! Pode parecer que não mas quando você o leva pra tomar uma vacina e diz que não vai doer ele perde a confiança em você, pois dói! E quando você disser que o escuro não é perigoso ele não irá acreditar!

– Nunca obrigue a criança a fazer algo que tem medo! É um direito da criança ser respeitada e não ultrapassar seus limites.

– Não rotule seu pequeno, chamá-lo de covarde não vai ajudá-lo!

*Se o medo for incontrolável e demasiado você deve procurar ajuda profissional! Um psicólogo pode saber conversar com o pequeno de forma neutra e mais racional.

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Siga-nos no Instagram

Voltar ao topo