Talline Sapatilhas
Uncategorized

Metodologias de Ensino ( Como escolher a melhor escola para seu filho.)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Você sabia que as escolas podem adotar métodos diferentes de ensino?
Sim, elas podem e fazem! Cada escola ensina de uma forma e você deve ver qual destas maneiras se adapta melhor ao seu modo de pensar para escolher melhor a escola em que seu filho vai estudar!

Descobri isso pesquisando escola para a Fernanda e vim compartilhar com vocês quais são estas metodologias e o que cada uma oferece!



Cada metodologia de ensino faz a adaptação e “ensino” e uma forma, usando principios diferentes à fim de chegar ao um unico resultado: O aprendizado!
Não existe uma que seja melhor ou pior que a outra. Todas tem eficiência comprovada! 
O que você precisa é ver qual se adapta melhor aos seus ideais e de sua família, assim seu filho não irá entrar em conflitos, sendo ensinado de um jeito em casa e de outro na escola!

Vamos conhecer um pouco de cada uma delas?


Paulo Freire e a Educação Libertadora

Paulo Freire foi um educador brasileiro que desenvolveu um pensamento pedagógico reconhecido mundialmente. Seu maior objetivo era conscientizar o aluno com relação às classes menos favorecidas e fazê-lo entender sua situação de oprimido e agir em favor da própria libertação. Ele propôs uma prática de sala de aula que desenvolvesse a criticidade do aluno. “Os dois lados devem aprender juntos, um com o outro”, defendia. O educador dizia que ninguém aprende sozinho mas que ninguém ensina nada à ninguém. Ele afirmava, que a educação que defendia tinha a intenção de inquietar os alunos. 

Teoria Construtivista, por Jean Piaget

Para Jean Piaget, um dos grandes teóricos da pedagogia, nascido na Suíça, a principal meta da educação é criar seres que não repetem o que outros já fizeram mas que são capazes de fazer coisas novas, que descubram, criem e inventem. De acordo com ele, o educador deve orientar os alunos para uma aprendizagem autônoma e não apenas ensinar mecanicamente, a educação deve formar pessoas que tem condições de criticar e não aceitar tudo que lhes é proposto. Ou seja, sua teoria busca formar cidadãos críticos e capazes de inovar. 

Sociointeracionismo, por Lev Vygotsky

Para o psicólogo bielorusso o desenvolvimento intelectual é construído através da relação com outros indivíduos e das interações com o meio social, aonde o homem modifica o ambiente e o ambiente modifica o homem. Vygotsky costumava dizer que “na ausência do outro, o homem não se constrói”. 

Avaliação por competência

O aluno é avaliado levando em consideração, o que ele já sabe, o que aprendeu com a vida escolar e como coloca em prática aquilo que aprendeu, leva em consideração não só os conhecimentos adquiridos, mas também as habilidades e as atitudes dos estudantes, buscando a sua transformação. A avaliação por competências é parte norteadora no processo de ensino-aprendizagem porque permite a formação permanente do estudante. Esse tipo de avaliação sobrepõe os aspectos qualitativos sobre os quantitativos, portanto, não valoriza somente os resultados de provas.

Pedagogia de Freinet por Celestin Freinet

Celestin Freinet, educador francês tinha como objetivo desenvolver uma escola popular. Foi o criador do Movimento da Escola Moderna, na França. Para ele, a criança tem que ser vista não como um indivíduo isolado, mas como parte de uma comunidade e jamais ser marginalizada, principalmente quando fizer parte de classes menos favorecidas. Freinet utilizava como técnica de pedagogia desenho e texto livres, aulas-passeio, jornal de classe, livro da vida, entre outras, que representavam momentos de um processo de aprendizagem, propiciando as condições para estabelecer a apropriação do conhecimento. Ele dizia que “se não encontrarmos respostas adequadas a todas as questões sobre educação, continuaremos a forjar almas de escravos em nossos filhos”.

E aí, com qual você se identifica mais?

Lembro ainda que existem outras coisas que influenciam na escolha da escola dos pequenos mas isso é assunto pra outro post)

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Siga-nos no Instagram

Voltar ao topo