A MinhaLigthbox é um produto feito com exclusividade que vai deixar seu ambiente ainda mais perfeito!!
Uncategorized

O que eu vou ser quando ela crescer?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Eu sei muito bem o que eu sonho para minha filha quando ela crescer. Quero que ela viaje o mundo, conheça muitos lugares e pessoas legais, se forme e trabalhe com aquilo que ama, tenha amor, muito amor ao seu redor, e que um deles à leve ao altar, onde eu estarei chorando ao vê-la linda! Quero ser avó, de uma menininha como ela, carinhosa e teimosa e de um menino gato que me ache a vovó preferida!
Talvez ela, lá na frente queira tudo muito igual ou muito diferente disso, ela vive dizendo que será doutora de animais e cantora e quer saber, se ela for feliz é o que interessa…


As horas hoje são tão cruéis, eu ainda não decidi se quero que elas voem para eu descansar no final do dia, ou que passem bem devagar para que a minha menininha continue cabendo no meu colo por muito tempo.
Eu já vi a barrigona crescer ( e já sinto saudades de andar feito uma pata), me lembro como se fosse hoje do primeiro choro ardido, ali na maternidade. Se eu fechar os olhos para lembrar consigo sentir até o cheiro dela recém nascida!
Depois vieram as incansáveis (ou cansáveis) noites amamentando ( e que saudade eu sinto disso), a primeira papinha espalhada na sala toda, os primeiros passos com os quais vibrei tipo em final de copa do mundo!
Ela foi para escola, já conquistou amigos, já consegue ir ao banheiro sem ajuda… ela anda crescendo tão rápido!
Eu pisco e puft, mudou o número da roupa e do sapato, minhas bisnaguinhas já não são tão pequeninas!
Aquele ser que andou 9 meses dentro da minha barriga, deixa meus braços cansados em 15 minutos de colo… colo este que será sempre dela.
É, ela inevitavelmente vai crescer, criar asas e voar! É aquela velha histórias que criamos os filhos para o mundo!

… mas hoje eu parei para me questionar: O que eu vou ser quando ela crescer?
Desde que ela chegou a minha rotina mudou, meus pensamentos mudaram e mais que tudo isso, até minha forma de amar mudou!
Desde que ela chegou meus dias são pensados para ela, por ela e com ela…
Desde que a minha filha chegou, eu esqueci que sou eu, independente dela, eu estou aqui! E mesmo que eu me lembre disso as vezes, em segundos lá estou eu, de novo com o mundo girando em torno dela!

Quando ela sair com as amigos para balada, talvez eu entenda a angústia e a insônia dos meus pais quando eu me atrasava 10 minutos para chegar!
E se ela resolver fazer intercâmbio? Meu coração vai embora junto! Se alguém ferir o coração dela… ah eu vou chorar escondido mas na frente dela eu serei uma fortaleza!

Ela vai crescer e o meu tempo aos poucos vai voltando a ser meu…

Meu banho vai aos poucos voltando a ser demorado, aquele livro que ficou na gaveta quando ela nasceu já vai ser lido e outros virão…
A correria do dia-a-dia, de pega brinquedo, guarda brinquedo, veste roupa, tira roupa, dá banho, faz lição, faz comida, põe para dormir…essa vai diminuir…
aos poucos eu vou me sentir mais livre dessa maternidade que hoje me sufoca (e quando eu falo sufoca, é de cansaço, de correria, mas também é de amor, de descobertas incríveis).

E quando ela for uma mulher linda, dona de si, dos seus sonhos, o que eu serei?

O que eu vou ser quando a minha filha crescer?

Eu não sei o que farei! Talvez eu viaje mais, eu agarre mais meu marido, eu resolva passar uma tarde inteirinha no salão de beleza sem culpa…
Sobre o meu tempo, eu saberei como usá-lo, disso tenho certeza!

Mas e eu? O que eu serei?
Ahhh eu não serei a mesma de antes dela nascer e disso eu tenho certeza!
Agora não importa onde, nem quando e nem com quem eu esteja… eu sou a mãe dela!
Eu estarei pensando nela todos os dias da minha vida!
Só o fato dela ter nascido, já alterou a minha existência! Eu não sei respirar, não sei sonhar e nem viver sem pensar nela!
Seja ajudando ou apenas torcendo, eu sempre estarei ali, quando e onde for!

Desde o dia em que ela chegou eu me tornei alguém melhor, mais forte, mais cheia de amor!
Não que antes eu era ruim… mas ela me fez melhor!
Então, quando a minha pequena crescer EU SEREI A MÃE DELA!
Porque de tudo que eu sou isso é o que eu sei ser melhor, é o que eu nasci para ser e é o que me move!

Neste dia das mães o meu melhor presente é sem dúvidas ser mãe dela coisa que eu serei por todo a vida e até depois dela!

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

1 Comentário

Clique aqui para postar um comentário
  • Nossa Ge, acredita que eu chorei lendo esse texto?! A vida realmente nunca mais é a mesma depois da maternidade e eu também me penso diariamente no que serei quando eles crescerem!
    Bj

Publicidade

Parceiros

Voltar ao topo