Uncategorized

Como lavar os uniformes escolares!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×


A filha começa a ir para escolar, a mãe acha lindo o uniforme até que vem a primeira lavagem!

Eu queria saber de quem foi a idéia de criar uniformes com camisetas coloridas! As camisetas da Fernanda são amarelas! Se é pra colocar cor, que seja preta!

Enquanto ela estava toda bonitinha, sem se sujar, eu estava amando, mas aí começou a chegar com uma manchinha do lanche, outra mancha da bola suja que bateu e por fim um amiguinho resolveu riscar as costas dela de canetinha! Sim ca-ne-ti-nha! Chorei!
Mas a mamãe aqui está ficando expert em lavar uniformes e resolveu compartilhar com vocês algumas diquinhas! Bora lá?

O primeiro passo é separar as cores! Nada de lavar tudo junto e misturado heim! Principalmente nas primeiras lavagens onde pode acontecer do tecido soltar tinta.

Uma dica que aqui faz toda a diferença é sempre lavar a roupa do lado avesso! Dessa forma estampas não ficam em atrito com as demais peças evitando desgaste e principalmente não fica pelinhos ou bolinhas do lado de fora da roupa!

Olhe os bolsos dos uniformes e retire tudo que estiver lá dentro.
Um papel colorido pode manchar várias peças ou ainda virar um monte de “pelinhos” nas roupas.

Se alguma das peças possuir alguma mancha, antes de colocá-la na máquina use um tira manchas. Eu uso e indico o Vantage (meu preferido) ou Vanish. Aqui em casa eu não uso alvejante com cloro nas roupas, pois acho que amarela, além, de sempre correr um risco imenso de manchar tudo.

Algumas coisas podem acabar em um desgaste ainda maior no tecido. Uma delas é o tempo excessivo no momento da lavagem ou excesso de força para esfregar.
Fique de olho nas dosagens dos produtos que vai usar. Use os medidores próprios para cada um deles. Colocar produto a olho é sinal de disperdício.
Nunca coloque os produtos direto sobre as roupas, sempre dilua-os em água antes (caso sua maquina de lavar já não faça isso sozinha).

Nunca deixe a peça de molho por mais que 2 horas pois além de desgastar o tecido pode acabar deixando mau cheiro.

O uso do amaciante deixa as roupas mais macias e cheirosas, mas você pode substituí-lo por uma colher de vinagre branco (vai por mim, não fica cheiro! Eu odeio cheiro de vinagre e não suportaria usar a roupa se ficasse).

Uma dica boa para os dias frios é colocar 2 colheres de alcool na água de enxágue, assim as roupas tendem a secar mais rápido!

Na hora de estender as roupas no varal coloque os pregadores de forma que abertura no meio deles fique na altura do “fio” do varal, assim as roupas ficam sem marcas.
Não use varal de metais que oxidam, eles podem manchar a roupa.
Intercale as roupas finas e grossas para que o vento circule melhor,

Seque as roupas na sombra, isso evita que as roupas coloridas desbotem e que as brancas amarelem.
Se usar secadora lembre-se de sempre verificar nas etiquetas a temperatura indicada para cada tipo de tecido.

Se ficar algum “pelinho” ou bolinha roupa use uma buchinha (desses da lavar louça) nova e seca para tirar. 
Em peças com estampas ou 100% poliéster evite usar o ferro em contato direto com a roupa, use um paninho!

Na hora de guardar, vale usar um anti umidade dentro dos armários!

Ah sobre a canetinha que falei lá em cima! Quase enfartei quando vi e achei que não sairia, mas com a camiseta ainda seca passei sabão de coco dei uma esfregadinha de leve e coloquei para lavar normal e saiu tudinho!

É isso que faço por aqui! Alguém tem alguma dica legal?

Espero que tenham gostado! Nos vemos lá no instagram @namiradamamae ou no www.Facebook.com/namiradamamae

Boa volta às aulas para os filhos!

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Siga-nos no Instagram

Voltar ao topo