Uncategorized

Carrinho de bebê! Como escolher?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Um dos maiores dilemas que tive quando engravidei foi escolher o tal carrinho de bebê!
Tantas coisas: Compacto, modelo guarda-chuva, reversível, com bebê conforto, reclinável… essas e tantas outras palavras me deixaram cheias de dúvidas!
E vocês? Como escolheram?

É importante que o carrinho de bebê se adeque a rotina da família!
Se você irá utilizá-lo para as sonecas e com bastante frequência, vale a pena investir em um mais “pomposo” e mega confortável.
Os modelos guarda-chuva são fáceis de transportar mas não são indicados para os recém nascidos! Eu indico que você tenha um para passeios rápidos e viagens!
Verifique se o carrinho fechado cabe no porta-malas do carro, tem uns que ficam tão grandes que não cabem de jeito nenhum. Além disso verifique como é o processo de abri e fechar, pois, muitas vezes a mamãe estará sozinha com o bebê e precisará fazer esse processo com rapidez.

Para nós três itens eram fundamentais:
1- Que o carrinho viesse com o bebê conforto e que fosse fácil encaixa-lo e desencaixá-lo do carrinho! 

2- O peso que o carrinho aguenta! Não adianta você investir muito em um carrinho que não vai aguentar seu filho por um espaço de tempo legal!

3- Reclinamento total. Acho mega importante o carrinho permitir a posição sentado mas também virar berço, reclinando totalmente para a posição deitado.
Ouça a opinião de mamães que já usaram o modelo que você pretende comprar e antes de fechar negócio conheça o modelo pessoalmente mesmo que vá comprar pela internet!
Vale lembrar que o carrinho perfeito para sua amiga pode não ser o melhor para você e sua familia! O carrinho perfeito é aquele que atende suas necessidades!









Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Siga-nos no Instagram

Voltar ao topo