Uncategorized

Como evitar acidentes! Afinal com crianças, todo cuidado é pouco!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
Quem tem filhos sabe, porém, que todo cuidado é pouco.
Muitas vezes nossa própria casa é um risco para que pequenos acidentes aconteçam. Alguns ainda estão de férias e nesta época o cuidado deve ser redobrado.

O pediatra da Rede São Camilo nos deu dicas de como evitar esses acidentes.

Segundo o pediatra Hamilton Robledo, os acidentes acontecem em um momento de descuido ou de excesso de confiança dos adultos. “Quando a família está em um ambiente novo, como um hotel, os pais ficam mais vigilantes, pois ainda não conhecem os perigos do local. Já em casa, tendem a relaxar por estarem habituados e dão mais liberdade às crianças. Por causa disso, a maioria dos acidentes ainda ocorre dentro de casa”, revela.

Entre os principais problemas em que as crianças se envolvem, estão a queda, que pode ser causada, inclusive, pelos brinquedos, como patins, skate e bicicleta, intoxicação por ingestão de medicamentos ou produtos de limpeza e o afogamento no mar ou piscina.
Se a criança for vítima de uma dessas situações, é preciso fazer uma rápida avaliação da gravidade. “É preciso procurar ajuda médica no Pronto Socorro Infantil, caso o pequeno tenha caído e batido a cabeça e apresente vômitos, sonolência excessiva, palidez e limitação de movimentos, se tiver sintomas de trauma ortopédico, no caso de queimaduras graves ou extensas e se tiver ingerido medicamentos, produtos de limpeza ou objetos. Em situações de afogamento, a assistência deve ser imediata. Cada minuto é precioso em uma situação de emergência”, alerta o médico.
Fique atento!



Em casa

· Não deixe crianças menores de três anos sozinhas;

· Armazene produtos de limpeza em embalagens adequadas e em prateleiras altas ou em armários trancados à chave;

· Nunca deixe medicamentos sob o alcance das crianças;

· Selecione os brinquedos de acordo com a idade das crianças;

· Proteja as crianças com os equipamentos de segurança (joelheira, cotoveleira e capacete), quando forem andar de patins, skate ou bicicleta.

Em viagens

· Fique sempre próximo da criança;

· Brincadeiras na água só devem acontecer sob a supervisão de um adulto;

· Passe protetor solar a cada 3h;

· Evite exposição da criança ao sol entre 11h e 16h;

· Estimule a ingestão de líquidos ao longo de todo o dia para promover a hidratação.

Fonte: Hamilton Robledo, pediatra na Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo.

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Siga-nos no Instagram

Voltar ao topo