Uncategorized

Receita: Couve-flor gratinada

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×


Por aqui somos fãs de couve flor, mas normalmente ela é consumida na salada. Resolvi testar gratinada e genteeeeeee, é um sucesso! Fica muito bom! Vale a pena fazer, é rápida e fácil!


Ingredientes:

1 Couve-flor
Água
Sal
Temperos
300 gramas de Queijo Mussarela (Você tambem pode usar presunto, peito de peru, frango desfiado)

Molho Branco:
2 colheres de sopa de Manteiga
Alho e cebola à gosto
2 colheres de sopa de Farinha de trigo
1 xícara de leite (pode ser feito com água também)
Sal, salsa e cebolinha
Meia caixinha de creme de leite (Pode ser requeijão)

Modo de fazer:
Coloque a couve flor em uma panela e cubra com água, coloque os temperos à gosto. (Eu usei caldo de carne que sempre tenho pronto para cozinhar)
Deixe que a couve flor cozinha até amolece um pouquinho mas ainda estiver firme (se ficar muito mole ela despedaça), tire-a da água espere esfriar.
Faça rolinhos com o queijo ( e o que mais for colocar), e enfie nos vãos da couve-flor! 
Reserve!

Para o molho, derreta a manteiga, doure o alho e a cebola bem picadinhos, coloque a farinha e deixe dourar, despeje o leite (eu usei metade de leite e metade de caldo de carne), mexa bem, acrescente os temperos que desejar (sal, salsa, cebolinha e etc) e deixe ferver. Desligue o fogo e acrescente o creme de leite.

Jogue o molho por cima de couve-flor (eu fui abrindo os vãos para que o molho entrasse nela). Cubra com mussarela ou parmesão ralado e leve ao forno para gratinar!
Aqui eu usei o forno elétrico então em 5 minutinhos já gratinou, no forno convencional demora um tiquinho mais.

Espero que gostem!

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Siga-nos no Instagram

Voltar ao topo