A MinhaLigthbox é um produto feito com exclusividade que vai deixar seu ambiente ainda mais perfeito!!
Uncategorized

Estou grávida, e agora? (Post 7: O quarto do bebê)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×


É a hora de decorar o quarto do baby e você não sabe nem por onde começar?
Tudo tem que estar lindo mas tudo tem que estar principalmente funcional e seguro!

Nós separamos algumas dicas que podem ajudar nesse momento!


Escolha um tema
Evite motivos muito infantis nas paredes, use-as nos quadros, pêndulos e objetos decorativos que são mais fáceis de trocar com tempo.
Fixando um tema ou apenas uma paleta de cores como padrão, você evita um monte de coisas e cores avulsas e deixa tudo mais bonito e sincronizado.
O quarto deve ser um ambiente aconchegante e confortável, tanto para a criança quanto apra quem vai passar muito tempo ali cuidando dela!
Há quem diga que as cores vão influenciar no sono, na personalidade, nos estímulos e em vários outros aspectos, por exemplo, cores fortes não deixam a criança se desligar tão fácil, tornando mais difíceis as noites de sono, portanto vale a pena saber sobre tudo antes de definir o tema que será utilizado.

Pesquise os preços
Você não precisa sair comprando tudo que achar bonito, faça uma lista de itens e pesquise preços.
Feiras da Gestante, do Bebê e da Criança são ótimas opções para encontrar itens com preços bem legais.
Claro, o barato ás vezes sai caro, portanto veja a qualidade do móvel e se ele oferecea segurança que o seu filho e você vão precisar.

Espaço
Leve em consideração o espaço que você tem em casa.
Se o bebê vai ficar no quarto dos pais, por exemplo, não dá para sair pintando tudo de azul ou rosa, né?
Lembre-se que é preciso um ambiente arejado e calmo, logo não podemos colocar enfeites em tudo quanto.

Prazos
A maioria das lojas pede de 30 a 60 dias para entregar os móveis e montá-los, portanto você deve organizar e fechar tudo isso no segundo trimestre da gestação para que o bebê não chegue bem no meio da confusão de pinta e monta.
Até porque qualquer cheiro de tinta já deve ter sumido quando o pequeno chegar.

Berço
O berço deve seguir os padrões de segurança do Inmetro para que não ofereça nenhum risco para seu filho. 
A distância entre as grades, por exemplo, tem que ter no mínimo 4,5 cm e no máximo 6,5 cm, assim não há perigo de que a cabeça, ombros ou mãos dele possam ficar presas.
Se o berço tiver rodinhas móveis, pelo menos duas delas devem ser fixas ou conter travas.
O espaço entre o estrado e a lateral do berço não deve ultrapassar 2,5 cm, e o espaço entre as ripas do estrado tem que ser de, no máximo, 6 cm, para também evitar que braços e pernas possam ficar presos.
Em alguns modelos uma das grades laterais abaixa, algo que facilita muito na hora de pôr e tirar o bebê da cama, especialmente quando ele estiver dormindo. 
Outro aspecto para ficar de olho é se existe a possibilidade de mudar a posição do estrado à medida que o bebê crescer.

O colchão deve ser firme, com densidade apropriada para crianças pequenas. 
Um dos lados pode ser plastificado, para proteger o tecido dos inevitáveis acidentes de vazamento de fralda ou vômitos. Nesse caso, é preciso colocar o colchão para arejar com frequência, porque a umidade pode ficar presa sob o plástico e provocar mofo. 
Muitos berços se transformam em minicama, uma caminha que pode ser usada até a criança ter 4 ou 5 anos. Na prática, porém, muita gente acaba não fazendo a transformação. É difícil pensar num futuro tão distante, mas, se quiser usar a minicama, peça para ver como fica a peça já transformada, e leve para casa os acessórios necessários para a mudança, como parafusos ou grade. 

Cômoda para roupas e troca de fraldas
Você vai precisar de um local que facilite a troca de fraldas e a cômoda pode ser este local!
Existem comodas que são pró´rias para isso, já vem com o trocador embutido, em outras você vai precisar montar o espaço, colocando um pequeno acolchoado e use o espaço em cima dela para colocar todos os objetos que você usará na troca e as gavetas ainda serão utéis apra guardar as roupas e demais coisinhas do baby.

Cadeira de balanço ou poltrona de amamentação
Já falamos da poltrona de amamentação AQUI
Para mim ela é bem útil e pode acompanhar o crescimento da criança, os pais podem usar para ninar, depois para ler histórias e claro no começo para a amamentação. 

Cortinas, tapetes e pelúcias
Geralmente são só decoração mas caso o ambiente seja muito claro a cortina ajuda a manter a luz baixa e em caso de lugares muito frios o tapete pode ajudar a deixar tudo mais quentinho.
As cortinas devem ser de tecidos fáceis de lavar, pois acumulam muito pó e podem causar irritações respiratórias. O mesmo vale para os tapetes, simplesmente passar aspirador não é suficiente para retirar o pó e todos os microorganismos que ficam presos às fibras do tecido de um tapete é necessário lavá-los. 
Existem também tapetes anti-alérgicos que podem valer o investimento para quem pode gastar um pouco a mais.
Evite pelúcias, elas acumulam muito pó e se optar por usá-las, lave-as com regularidade e nunca deixe-as sobre a cama!

A dica maior é manter a praticidade em tudo!
Objetos e móveis fáceis de limpar, um ambiente clean e tudo planejado de acordo com o bolso $$ da família é o ideal.

Tem foto do quarto da Fernanda AQUI.

Inspire-se:


E aí? Gostaram?

Se você é dono de alguma das fotos usadas neste ou em outro post por favor nos avise que daremos os créditos, achamos as fotos em vários sites e preferimos não citar a fonte errada.


Veja os outros posts da série: Estou grávida, e agora?
Confirmação e teste de gravidez:
http://www.namiradamamae.com.br/2014/05/estou-gravida-teste-de-gravidez.html

os sintomas da gestação:
http://www.namiradamamae.com.br/2014/05/estou-gravida-e-agora-sintomas.html

Como dar a notícia:
http://www.namiradamamae.com.br/2014/05/estou-gravida-e-agora-como-dar-a-noticia.html

Exames:
http://www.namiradamamae.com.br/2014/05/estou-gravida-e-agora-exames.html

Enxoval:
http://www.namiradamamae.com.br/2014/05/estou-gravida-e-agora-enxoval.html

Tipos de parto:
http://www.namiradamamae.com.br/2014/06/estou-gravida-e-agora–tipos-de-parto.html

Mala da Maternidade:
http://www.namiradamamae.com.br/2014/06/estou-gravida-e-agora-mala-da.html

Auto-Estima na Gestação:

http://www.namiradamamae.com.br/2014/06/estou-gravida-e-agora-auto-estima-na-gestacao.html


Tags

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Voltar ao topo