Uncategorized

Livros que toda criança deve conhecer! (Por RevistaPais e Filhos)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×


Hoje li uma matéria bem legal da revista pais e Filhos, sobre os livros que não podem faltar na infância dos nossos tchutchucos!

Segue abaixo um resumo da matéria:

Leia para o seu filho. Defendemos que, se você tiver de escolher só uma atitude para contribuir com a educação do seu filho, que seja ler. Muito. Com ele e para ele. Pesquisas mostram que há uma relação direta entre a quantidade de livros que uma criança tem em casa e seu desempenho escolar. Os brasileiros guardam em casa, em média 25 livros, segundo dados da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, do Instituto Pró-Livro.

Conversamos com especialistas e pedimos indicações de livros para criança e sobre criança. O resultado é uma lista de livros básicos. A pesquisa da Pró-Livro comprova que as pessoas que mais influenciam o filho a ler são os pais. Enquanto 60% dos leitores se habituaram a ver os pais lendo, no caso de não leitores esse número se inverte: 63% nunca ou quase nunca viam isso em casa. Ou seja, seu papel é tão básico quanto as indicações que damos aqui. O namoro com a leitura começa no colo, ouvindo histórias. E também na estante do quarto e nas seções infantis das livrarias e bibliotecas. Minha filha caçula, Babi, quando tinha 2 anos, já me pegava pela mão e pedia: “Vamo ‘lê livo’, mamãe?” Um dos preferidos é “A Casa dos Beijinhos”, que entrou na nossa lista indicado por sua xará, a vendedora Babi Lazari, filha de Paulo e Aparecida.
Ou comece pelo começo: os livros de Monteiro Lobato. No levantamento da Pró-Livro, os livros de Lobato foram citados como os mais importantes da vida dos leitores, atrás apenas da Bíblia. Se você nunca leu, comece agora, lendo com seu filho.
Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato – ed. Globo
O Menino Maluquinho, de Ziraldo – Ed. Melhoramentos 
Alice – Aventuras de Alice No País das Maravilhas – Através do Espelho e o Que Alice Encontrou Por Lá, Lewis Carroll – ed. Zahar
Marcelo Marmelo Martelo, de Ruth Rocha – Ed. salamandra
O Picapau Amarelo, de Monteiro Lobato – ed. Globo 
Pedro e Lua, de Odilon Moraes – ed. Cosac Naify
Histórias de Índio, de Daniel Munduruku – ed. Cia das Letrinhas
Olha o Bicho – Poesia para Crianças, de José Paulo Paes – ed. Atica
A Árvore Generosa, de Shel Silverstein ed. Cosac Naify
Galope!, de Rufus Bubtler Seder – ed. Sextante
A Bolsa Amarela, de Lygia Bojunga – ed. Casa Lygia Bojunga 
Poemas para Brincar – Poesia para Crianças, de José Paulo Paes – ed. Ática 
Histórias, Quadrinhas e Canções com Bichos, vários autores – ed. Cia das Letrinhas 
O Menino do Dedo Verde, de Maurice Druon – ed. José Olympio
Um Burrinho Grande, de Rindert Kromhout – ed. Martins Fontes
O Grúfalo, de Julia Donaldson – ed. Brinque-Book 
O Capitão Háteras, de Júlio Verne – ed. Rideel
O Menino que Queria ser Celular, de Marcelo Pires – ed. Melhoramentos 
E eu acrescento: A Biblia Sagrada – Toda criança deve conehcer à Deus e a uma religião, independente da sua crença, passe-a para seus filhos desde bebês, isso será fundamental na formação do caráter dele
Outro livro que aqui em casa já tem e eu adoro é O pequeno Principe de Saint Exupery, o livro para mim, conta de forma encantadora situações do cotidiano (disfarçadas) e mexe com principios bem legais.
Aproveitando a deixa, o Banco Itaú tem um projeto bem legal: Leia para uma criança! Através detse projeto ele distribui livros GRATUITAMENTE para que a leitura chegue na casa de mais pessoas.
Você pode pedir através do site: http://www.issomudaomundo.com.br/
Os livros demoram uns 60 dias mas chegam, eu já pedi ano passado e adorei!

Sobre o Autor

Geisa Simonini

Uma escorpiana geniosa, brava e determinada. Estudei Administração e Marketing e sempre atuei na área comercial e de eventos. Tenho uma cabecinha cheia de idéias e adoro trabalhar com pessoas, afinal para mim, tudo que a vazio de pessoas não faz muito sentido. Sou doidinha por redes sociais e ligada 24 horas por dia, sabe aquela pessoa que não pára? Essa sou eu!
Mas se for para me resumir mesmo: Sou a mãe da Fernanda (e da Camille que ainda está no forninho) e da função de mãe nasceu esse blog onde compartilho com vocês nossas histórias, dia-a-dia e aprendizados

Publicidade

Parceiros

Siga-nos no Instagram

Voltar ao topo